Téo Azevedo, nascido em Bocaiuva, vence o Grammy Latino, considerado o Oscar da música na América Latina

O poeta e cantor norte mineiro Téo Azevedo, nascido no distrito de Alto Belo, Bocaiúva, ganhou, ontem à noite, o Grammy Latino com o disco – “Salve Gonzagão, 100 anos”. O álbum é uma coletânea que Téo Azevedo organizou, com 16 faixas interpretadas por ele e por nomes como Jackson Antunes, Caju e Castanha, Genival Lacerda e outros. Quase todas as faixas são de autoria de Téo Azevedo, com exceção do poema “Um baiãozinho para o Rei do Baião” e “Causos Gonzagueanos”. Azevedo é o primeiro artista do Norte de Minas a concorrer ao prêmio considerado o Oscar da música latino-americana. A solenidade de entrega da premiação aos vencedores foi ontem à noite, em hotel de Las Vegas, EUA.

Fonte: montesclaros.com

Téo

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.