Pedido de liberdade de Lula deve ir novamente a Plenário

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, decidiu levar para julgamento no plenário do STF recurso da defesa do ex-presidente Lula queinsiste no julgamento de novo pedido de liberdade.RECORREU
A defesa de Lula recorreu ontem contra decisão do ministro que arquivou, sexta-feira, o pedido de liberdade. Neste pedido, os advogados pediram suspensão dos efeitos da condenação de Lula, ou seja, da prisão e inelegibilidade, até que os tribunais superiores julguem recursos contra a condenação.
Na decisão de 3 páginas, o ministro Fachin deu prazo de 15 dias para a Procuradoria Geral da República se manifestar, o que só permitirá julgamento do caso em agosto, depois do recesso do Judiciário, que terá início hoje.
Somente quando a Procuradoria se manifestar em relação ao tema, o ministro liberará o processo e pedirá data para julgamento – o que depende da presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia.
Fonte: www.montesclaros.com

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.