O último dia de janeiro terá a Super lua, lua de sangue e lua azul. Tudo na mesma noite

Na mesma noite de 31 de janeiro acontecerão 3 fenômenos de forma combinada: Superlua, Lua Azul e Lua de Sangue. A Superlua e a Lua Azul poderão ser, facilmente, observadas no Brasil. A visualização da Lua de Sangue dependerá das condições climáticas.
“Estes fenômenos são, de fato, muito raros. O último aconteceu há pelo menos 150 anos”, afirma professor do Observatório da Universidade de Brasília.
A Superlua acontece por conta de uma aproximação entre a Terra e a Lua, o que faz com que nós vejamos a Lua bem maior e mais brilhante.
O segundo fenômeno, a Lua Azul, não tem muita relação com a lua em si. Mas com o calendário. É que, normalmente, temos a ocorrência de apenas uma fase da lua por mês. Acontece que, eventualmente — por conta de diferença entre o calendário gregoriano e o calendário lunar — alguma lua se repete. Quando acontecem duas luas cheias por mês, a segunda recebe o nome de Lua Azul. 2018 começou com lua cheia.
Já a Lua de Sangue acontece quando há um eclipse lunar total. O fenômeno recebe este nome, porque, nestes casos, a Lua fica vermelha.

Fonte: www.montesclaros.com

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.