José Dirceu, ex ministro de Lula, se entrega na Polícia Federal para cumprir pena de 30 anos

José Dirceu, ex-ministro forte da era Lula, entregou-se à Polícia Federal, em Brasília, ainda há pouco. A prisão foi decretada no começo da noite de ontem pela juíza federal Gabriela Hardta, horas após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, rejeitar o último recurso disponível.
“Considerando-se que o defensor de José Dirceu de Oliveira e Silva peticionou informando que ele pretende se entregar, deverá ele apresentar-se à carceragem da Polícia Federal em Brasília no dia 18/05/2018, até às 17 horas, ocasião na qual a autoridade policial deverá cumprir o mandado”, ressaltou o despacho da magistrada.
O Judiciário entendeu que pode dar início ao cumprimento da pena, de 30 anos e 9 meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e integrar organização criminosa. O processo investigou o pagamento de propinas da empreiteira Engevix a políticos e diretores da Petrobras.
Dirceu estava em liberdade desde maio de 2017, por ordem do Supremo Tribunal Federal, que suspendeu a prisão preventiva determinada pelo juiz Moro.
José Dirceu vai cumprir os primeiros dias da pena no Complexo Penitenciário da Papuda, em cela coletiva. Ficará no Bloco 5 do Complexo de Detenção Provisória, destinado a pessoas com ensino superior, idosos, políticos e ex-policiais. A cela tem 30 metros quadrados e possui camas beliche, chuveiro e vaso sanitário.
Fonte: www.montesclaros.com

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.