Diretor do DETRAN, com 120 pontos na carteira, alega que não recebeu as notificações

O diretor do Detran de Minas, delegado César Augusto Monteiro Alves Júnior, que assumiu o cargo há duas semanas, divulgou nota para responder a denúncia de que soma 120 pontos na carteira de motorista entre 2014 e 2017.
De acordo com o delegado, em nenhuma das infrações ele foi identificado como condutor, e está sendo autuado como proprietário de 3 carros, que são usados por diversos familiares e por motoristas que prestam serviços a ele.
César Júnior afirma não ter recebido notificações de autuação das infrações, o que, segundo ele, inviabilizou, além do direito de defesa, que pudesse informar quem conduzia o veículo no momento das autuações.
O diretor do Detran de Minas destaca que isto resulta na nulidade das autuações e arquivamento do auto de infração. César Júnior disse que adotará todas as medidas administrativas e judiciais para comprovar que não recebeu as notificações e que não era o condutor dos veículos no momento das autuações.
(À tarde, o governo mineiro anunciou que o diretor do Detran passará por punição e reciclagem, e que será mantido no cargo).

Fonte: www.montesclaros.com

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.